segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

 


POR CLAUDIO HUMBERTO
VIA DIÁRIO DO PODER
 14/12/2020
Muitos estranham o nervosismo de Rodrigo Maia, que na prática, com o recesso no dia 22, está a 8 dias do fim da sua presidência na Câmara. Não é fácil perder regalias como usar jatinhos da Força Aérea Brasileira (FAB,) à vontade, por conta do pagador de impostos, como fez por quase 900 vezes. Só nos últimos três meses, plena pandemia, foram 48 voos, a maioria de duvidosa utilidade para o País. E já totaliza 864 voos desde a posse, em 2016. Encarar filas em aeroportos deixa qualquer um nervoso.

POR NOSSA CONTA
 14/12/2020
Só em 2019, Rodrigo Maia realizou 250 voos com jatinhos da FAB, número maior que o de dias úteis na Câmara. Em 2018, foram 198.

CIDADES FAVORITAS
 14/12/2020
Afora Brasília, o destino predileto de Maia este semestre foi São Paulo: 24 viagens. Somente desde julho viajou ao Rio, cidade natal, 18 vezes.

LONGE DA TERRA
 14/12/2020
Após votar na eleição do dia 15, no Rio, Maia pegou jatinho da FAB para Brasília. Desde então voltou ao Rio, com a FAB, duas vezes.

GRUPO SELETO
 14/12/2020
Além do presidente da República, os presidentes da Câmara, Senado e STF, além de ministros e chefes militares têm direito de requerer jatos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário