quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

REPRESENTANTES DE 70% DO PIB ALIJADOS DAS MESAS

 


POR CLAUDIO HUMBERTO
VIA DIARIO DO PODER
 04/02/2021
A eleição para as mesas diretoras do Senado e da Câmara consagrou o desequilíbrio federativo, ao negar cargos titulares a parlamentares dos estados do Sul e de São Paulo, estado de maior bancada. Foram alijados representantes de 70% do Produto Interno Bruto (PIB). Curiosamente, em seus discursos, os novos presidentes das Casas fizeram elogios à proporcionalidade e ao equilíbrio federativo. Na prática, a teoria foi outra.

SUPLENTE CATARINENSE
 04/02/2021
No Senado, há apenas um representante do Sul, Jorginho Melo (SC), ainda assim na condição de primeiro suplente de secretário.

SUPLENTES PAULISTAS
 04/02/2021
Na Câmara, há dois deputados de São Paulo na Mesa, mas Alexandre Leite (DEM) e Gilberto Nascimento (PSL) são apenas suplentes.

MAIS RICOS DE FORA
 04/02/2021
Minas Gerais (com um deputado na Mesa) e Rio de Janeiro (com 2) completam o grupo dos seis estados que somam cerca de 70% PIB.


Nenhum comentário:

Postar um comentário